DOIS PELO PREÇO DE UM, POR MAURO FROTA

15969864_10212326823753831_938096678_n

Casa cheia na Gracie Barra Laranjeiro para receber duas estrelas do Jiu-Jitsu mundial. Foto: Mauro Frota

 

 

“Dois pelo preço de Um”

 

Gabriel Arges e Edwin Najmi não são desconhecidos entre os entusiastas da alta-competição da Arte Suave.

 

Faixas pretas da lenda Rómulo Barral e treinando intensivamente com atletas do gabarito de Felipe “Preguiça” Pena, tornaram-se famosos pela forma como “limparam” campeonato atrás de campeonato, em todas as faixas.

 

O ano passado, seu primeiro ano como faixa preta, Gabriel Arges venceu o campeonato mundial, que já tinha vencido na faixa roxa. Edwin vem de vitórias consecutivas no mundial, em roxa e marrom, causando grande expectativa no seu primeiro ano de faixa preta.

 

Foi, então, com elevada antecipação que aceitei o convite do Professor Abraão Santareno, líder da Gracie Barra Laranjeiro, para um seminário com estes 2 super-atletas, e a primeira vez (para mim) em que teria não um, mas dois professores ao mesmo tempo. Confesso que estava curioso para perceber como seria a “simbiose” no tatame.

 

As expectativas logo passaram a confirmação: com um estilo muito relaxado e aberto, e demonstrando enorme cumplicidade, Gabriel e Edwin deram uma verdadeira lição de passagem da guarda De La Riva, com pormenores técnicos geniais, terminando com duas formas de pegar as costas e finalizar no pescoço, em sequência.

 

O que mais me impressionou foi a forma complementar com que abordaram as técnicas, explicando o que já deveria ser óbvio para a maioria dos professores de Jiu-Jitsu: todos somos diferentes, pelo que deveremos adaptar cada técnica ao nosso próprio biótipo, pelo que não existe uma forma “perfeita” de realizar cada técnica, mas sim a forma perfeita para cada um de nós!

 

Resta-me agradecer ao Professor Abraão e a todos os presentes pela extrema simpatia com que, mais uma vez, fui recebido na Gracie Barra Laranjeiro, e pelo convite dirigido à JiuJitsuPortugal; e desejar boa sorte ao Gabriel e ao Edwin para os campeonatos que se avizinham.

 

Por Mauro Frota