O CÃO LADRA, O JIU-JITSU MORDE – FRASES DO MÊS DE OUTUBRO

 

jiu-jitsu-portugal-com 1a

 

Lá está 2 campeonatos ao mesmo tempo, mas mesmo que sejam em fins de semana diferentes se calhar vão pensar 2 x antes de gastarem 25 euros em cada um, a juntar aos 40 ou 50 de academia aos 20 ou 30 de gasolina e por aí fora, e para quê, qual o deles de real importância, há hipóteses de carreira realmente profissional? Para onde vai o dinheiro? Enfim são só algumas das muitas questões, Miguel Wager Russell – O REI VAI NÚ? NATIONAL PRO COM FRACA AFLUÊNCIA DE ATLETAS E PÚBLICO

 

Enquanto este desporto tiver tantos egos, cada um a rumar para o seu lado, é difícil haver uma evolução em termos gerais e consistentes, temos grandes atletas, mas são casos pontuais, não há estrutura para os “fabricar” regulamente e de forma consistente, Fábio Paixão da Silva – O REI VAI NÚ? NATIONAL PRO COM FRACA AFLUÊNCIA DE ATLETAS E PÚBLICO

 

Campeonatos podem haver em todos finais de semana como em outros países há!! O que acontece é que quando tem dois campeonatos por exemplo em simultâneo, tem que se optar pelo o que vai te trazer mais retorno é claro!! O pró por exemplo, é óbvio que se vc tivesse chances reais de ganhar uma passagem e uma hospedagem em Abu Dabhi claramente que teria que escolher esse e não outra !! Isso é ser racional e lógico!!!! A questão nesse momento é que se iria realizar uma competição agora no próximo fim de semana e foi cancelada por falta de inscrições!!! Sendo que pagariam €€€ até para faixas brancas e masters também !!! Com chances reais para todos os pesos e não só absolutos como no Pró, e mesmo assim os professores não incentivaram seus próprios alunos a se inscreverem!!! Sendo que aqui no Norte não há quase competição!! Concluindo isso então só posso pensar, que é um professor querendo boicotar o outro, só pq esse outro é que organizou a tal competição!!! Então como vai haver crescimento com essa mentalidade, Rodrigo Pereira – O REI VAI NÚ? NATIONAL PRO COM FRACA AFLUÊNCIA DE ATLETAS E PÚBLICO

 

Acho que o acontecido no National Pro 2015 foi devido a um conjunto de fatores tais como a etapa do ano passado ter sido cancelada, mais eventos no mesmo final de semana e também pelo facto da “fatia” competidora em portugal não ser muito grande, a localização do evento pode ter sido um fator negativo numa primeira perspetiva mas de louvar pois só com a descentralização dos maiores campeonatos conseguiremos “espalhar” a nossa arte. Claro que tudo isto é a visão que tenho deste lado do oceano, Pedro Almeida – O REI VAI NÚ? NATIONAL PRO COM FRACA AFLUÊNCIA DE ATLETAS E PÚBLICO

 

Na minha opinião não ajudou o fato de haver dois campeonatos a decorrer em simultâneo. Os dois eventos saíram prejudicados tanto em atletas como audiência, Filipe Negri – O REI VAI NÚ? NATIONAL PRO COM FRACA AFLUÊNCIA DE ATLETAS E PÚBLICO

 

Isso faz bastante sentido. En novembro vou participar em dois campeonatos em fins de semana seguidos. Se fossem no mesmo dia, obviamente só iria a um, Diogo Trigo – O REI VAI NÚ? NATIONAL PRO COM FRACA AFLUÊNCIA DE ATLETAS E PÚBLICO

 

Para mim não faz sentido treinar para pontuar. Fui habituado a treinar para buscar a sempre a finalização. Os pontos são a sequência do caminho percorrido para a finalização. Saber quedar, defender queda, passar a guarda, raspar, finalizar. O berimbolo é uma boa posição para pegar as costas e finalizar mas esse jogo covarde de 50/50, de ponto aqui ponto ali, vantagem ali vantagem aqui… é horrível, Gui Jardim de Oliveira “RICKSON GRACIE: “BERIMBOLO VISA APENAS A CONQUISTA DA MEDALHA”

 

O Rickson é um grande exemplo é um verdadeiro samurai, talvez o maior lutador da história. Mas escusava de ter este tipo de declarações, tem o direito de achar o que quiser mas a idade e a experiência deviam servir para ver que a única coisa que mostra com isto é azia. O jiu jitsu é uma arte marcial mas também é um desporto e como tal evoluiu, aliás se o Rickson tem a notoriedade que tem hoje foi porque competiu muito, e o desporto é assim. O que é que ele queria que evolui-se de defesa pessoal para luta de rua e em vez do berimbolo introduzia-se a pedrada e a dentada? Azia é o que eu acho, Miguel Wager Russell – BERIMBOLO VISA APENAS A CONQUISTA DA MEDALHA”

 

Concordo com o Mestre Rickson, pontos é para custoreira o Jiu Jitsu é para finalizar ou imobilizar, a defesa Pessoal está sendo esquecida por muitos Professores, estamos caminhando para a banalização da Arte que tanto amamos, Luis Bernardo Benny, – BERIMBOLO VISA APENAS A CONQUISTA DA MEDALHA”

 

Uau!!! Demais… muito bom mesmo!!! Não acho provocação, visto o Judo ser o desporto pai do Jiu-Jitsu. Jiu-Jitsu não é nada mais do que newaza muito bem desenvolvido e evoluído, Bruno Pereira – JUDO NA PEDRA DA GÁVEA. PROVOCAÇÃO?

 

Até que enfim alguém dos top’s teve coragem de se expressar e dizer algo que TODOS que competem em campeonatos da IBJJF nunca tiveram! Medalha, tshirt e florzinha em pódio só, não dá mais, Rodrigo Pereira – ATLETA PROTESTA NO PÓDIO CONTRA A FALTA DE PREMIAÇÃO