QUICO CUNHA

 

BANNER_930X120PXjiu-jitsu-portugal-com

 

Nome? José Francisco Cunha (Quico)

 

Idade? 33

 

Local? Bali, Indonésia

 

Ocupação profissional? CEO e faxineiro da marca de mochilas Fight Back www.fightbackbags.com

 

Anos de Jiu-Jitsu? 10 anos

 

Como descobriste o Jiu-Jitsu? Depois de 11 anos a jogar Rugby, fiz um intercâmbio universitário para o Brasil (Florianópolis). Nesta viagem decidi procurar um desporto individual e surgiu logo a ideia do BJJ. Procurei o Mestre Tonicão (pioneiro do BJJ no Sul do Brasil – www.facebook.com/tonicaoteam) e fiquei apaixonado com a luta no chão.

 

Academia/ equipa? Treino com o Jedi Master Niko Han na Synergy Bali e quando em Portugal com a Coimbra MMA

 

Cor da faixa? Castanha (Team Synergy)

 

Jiu-Jitsu é…? Um super desporto. Além de exigente fisicamente é uma escola de humildade, partilha e amizade.

 

Como está o estado do Jiu-Jitsu em Portugal? Visto de longe está bastante saudável, com iniciativas excelentes quer a nível desportivo quer a nível da divulgação do desporto (O JiuJitsuPortugal é um excelente exemplo disso). Em 2005 em Coimbra éramos uns poucos a treinar com o Mestre Netão (faixa roxa na altura) em ginásios com poucas condições. Agora há vários faixas-pretas em Coimbra e várias escolas com excelentes condições de treino. Lisboa tem escolas de Jiu-Jitsu por todo o lado. O sucesso deste campeonato europeu demonstrou que o BJJ em Portugal esta sólido e com estruturas para crescer.

 

Uma viagem para treinar Jiu-Jitsu? Se fosse uma só mesmo, teria que ser uma visita ao Marcelo Garcia em New York, USA. Um sonho de viagem.

 

Jiu-Jitsu desportivo, de competição ou defesa pessoal? Sem querer arranjar algum tipo de controvérsia e na minha humilde opinião, o BJJ é desportivo e com competição saudável. Há muita discussão em torno da defesa pessoal e das origens do BJJ… Como alguém disse, se for um contra um e ninguém mais interferir… BJJ claro! Mas a luta na rua é traiçoeira e muitas vezes contra mais do que um adversário. Acho que há outros estilos de luta mais focados na defesa pessoal.

 

Quais são os atletas que gostas de ver “rolar” (nacional e internacional)? Gosto de ver atletas inovadores, que procuram finalizar e não “jogam” para travar a luta. Marcelo Garcia, Rafael Mendes, Braulio Estima, André Galvão são alguns exemplos. O Leozinho Vieira nos seus tempos era um show.

 

A quem encaixavas um “mata-leão”? Ao Marcelo Garcia, ao Rafael Mendes, ao Braulio e ao Galvão… Why not?!?

 

Uma mensagem? Para todos os atletas de BJJ: treinem duro e sempre com bons princípios. Unam-se e transmitam bons valores para quem não treina BJJ. Só desta forma o desporto crescerá saudável e atingirá os patamares de sucesso que todos queremos.

 

O que tens a dizer do site JiuJitsuPortugal? O JiuJitsuPortugal é uma excelente iniciativa de divulgação, extremamente necessária ao BJJ nacional e internacional. Está a ser guiado pelas pessoas certas e com os valores correctos do BJJ. Parabéns pelo vosso trabalho!