SOBREVIVER A UMA ONDA MONSTRUOSA COM A AJUDA DO JIU-JITSU

O big rider Danilo Couto dá dicas de como enfrentar uma série gigante.

 

YouTube Preview Image

 

Entrar em um mar com ondas de mais de 50 pés (mais de 15 metros) não é para qualquer um. O surfista que está disposto a desafiar lajes e ondas distantes da costa para praticar o big surf precisa saber muito bem como encarar as adversidades.

 

Imagina veres uma espuma gigante do tamanho de um campo de futebol a descer uma montanha na tua direção enquanto estás só com a cabeça fora de água.

 

O big rider Danilo Couto, vencedor do Billabong XXL com uma onda de mais de 60 pés dropada na remada em Jaws, já passou por isso.

 

Ele enfrenta uma série destas com trabalho psicológico e tranquilidade: “A regra padrão é relaxar, respirar para abrir o pulmão, largar a prancha e não mergulhar muito fundo”. Ao manter-se “não muito fundo”, a onda ajuda a tirar o surfista da área de impacto. “É melhor ser carregado para fora da zona crítica do que ser sugado para o fundo”, diz.

 

Uma boa preparação física também é imprescindível. O vencedor do Billabong XXL trabalha a respiração fazendo ioga, Jiu-Jitsu, natação convencional e debaixo de água (quase uma apneia) e treinos com pedras submersas – sem esquecer que a prática do surf de ondas grandes pede o uso de coletes salva-vidas especiais.

 

Fonte: Hardcore.com